As 13 raças de gatos mais raras do mundo

Tempo de leitura: 7 min

Escrito por eriveltoncgui
em 24 de agosto de 2021

Há 4 mil anos, no Antigo Egito, os gatos
eram reverenciados como caçadores e adorados como deuses. Foram os egípcios que passaram a domesticar
completamente esses felinos, embora a convivência entre homens e gatos tenha acontecido bem
antes, na atual região da Turquia e Chipre, há cerca de 10 mil anos. Para os homens, ter os bichanos vivendo junto
era um bom negócio: eles preservavam o alimento produzido na agricultura e os mantinham livres

das doenças trazidas pelos ratos. Para os gatos, havia comida farta e proteção
contra outros felinos maiores e predadores como hienas. Desde então, dezenas de raças de gatos foram
criadas, a maioria através da seleção artificial feita pelos humanos, e esses felinos conquistaram
o coração das pessoas. Eu sou William Tofoli, narrador do canal Mistérios

do Mundo, e aqui estão as 13 raças de gato mais raras que existem. Se você gostar do vídeo, não se esqueça
de deixar o like, se inscrever no canal Mistérios do Mundo e ativar as notificações. Norueguês da Floresta O norueguês da floresta era o gato dos vikings,
já que sua história pode ser rastreada até a tradição nórdica. É conhecido por ter uma semelhança impressionante
com o gato Maine Coon, considerado a maior raça de gato do mundo. A necessidade de se abrigar durante os invernos
frios da Noruega transformou seu manto num cobertor rústico, charmoso e resistente a
água. Eles só param de crescer aos 4 anos de idade,

e o macho costuma ser até 50% mais pesado do que a fêmea. Esses animais adoram grandes espaços, mas
vivem muito bem dentro de casas e apartamentos, afinal, para sobreviver ao frio escandinavo,
eles aprenderam a conviver com humanos em celeiros e armazéns. Sphynx Não é exatamente um gato raro, mas vale
o seu lugar nesse vídeo por conta de sua aparência única. Eles parecem não ter pelo, quando na verdade

apresentam uma pelagem minúscula, quase imperceptível ao olho humano. Além da aparente ausência de pelos, a raça
Shpynx caracteriza-se por ter um corpo robusto e uns olhos grandes que ainda se destacam
mais na sua cabeça calva. Gato elfo Estes gatos raros, que ainda não foram reconhecidos
como uma raça, têm este nome porque são parecidos com a criatura mítica. Surgiram do cruzamento recente entre o gato
sphynx e um curl americano. Como não têm pelo, estes gatos precisam
tomar banhos mais frequentemente que as outras raças e também não podem pegar muito sol. É um animal muito ativo e aventureiro, adorando

subir nas alturas. Angorá Turco O angorá turco é originário de Ancara,
na Turquia, é reconhecido por seu característico pelo branco sedoso, e por ser uma das raças
felinas mais antigas do mundo. O angorá chegou a ser elevado a raça nacional,
o que não é de estranhar, pois este felino elegante, forte, que chega a pesar 5 quilos,
encanta devido ao seu pelo longo. No inverno, o animal desenvolve camadas de
pelos espessos e densos, com um colarinho bem marcado, consequência do clima da zona
do mundo de onde é oriundo. No verão, porém, a sua pelagem se torna
curta, leve e macia. Essa é uma raça que se adaptou perfeitamente
aos verões quentes e aos invernos rigorosos das zonas montanhosas da Anatólia e do Cáucaso. O número de exemplares ficou tão reduzido
que se chegou a temer a sua extinção na Turquia. Os jardins zoológicos de Ancara e Istambul

acolheram alguns animais, de forma a garantir a continuidade da espécie. Bobtail americano Esse gato nativo dos Estados Unidos é facilmente
reconhecido por causa de sua pequena cauda, proveniente de uma mutação genética. Com uma inteligência acima da média, o Bobtail
Americano pode ser treinado para andar de coleira. Essa raça é bastante atraída por objetos
brilhantes, por isso os donos devem manter objetos como jóias bem guardados. O nascimento desta raça específica tem uma
história por trás. Dizem que o casal americano John e Brenda
Sanders estava de férias no Arizona nos anos 60 quando encontraram um gato malhado de aspecto
selvagem e cauda curta, que decidiram adotar. Já em casa, eles cruzaram com uma gata siamesa,
dando origem a uma ninhada com alguns gatinhos de cauda curta. Chartreux Com origens muito antigas, o Chartreux é
uma raça rara de gatos originária da Pérsia. Pesquisas mostraram que a raça provavelmente

veio de lá para a França trazida pelos cavaleiros que retornavam das cruzadas. Estes animais são fáceis de reconhecer,
com o seu pelo aveludado em tom azul-acinzentado e olhos amarelos. O Chartreux raramente demonstra os seus sentimentos
e, por isso, é uma das raças mais silenciosas e calmas. O pelo, que pode ter várias tonalidades de
azul-acizentado, é curto, lustroso e espesso, lembrando o de uma lontra, até porque também
repele a água. É muito raro encontrar esse gato fora da
França. Peterbald De origem russa, esses gatos surgiram de um
cruzamento entre um donskoy e um gato oriental de pelo curto, e se caracterizam pela ausência
de pelo. Têm orelhas compridas, patas ovaladas e um
focinho em forma de cunha. Os gatos Peterbald têm um temperamento pacífico
e são curiosos, inteligentes, ativos e muito amigáveis, mas também são dependentes e

pedem muito afeto aos seus donos. Korat De origem tailandesa, o korat só pode ser
encontrado com um pelo brilhante e de cor azul acizentada. Possui uma constante expressão de alerta. Esses animais formam fortes ligações com
os donos, sendo muito fieis e amorosos. São indicados para famílias com crianças

mais velhas, cachorros bem comportados e outras raças de gato que os permitam ser dominantes. Ao contrário da maioria dos gatos, não gostam
de ficar sozinhos. Seguem o dono pela casa e gostam de observar
tudo o que ele faz. Havana Brown Em 1950, um grupo de britânicos decidiu criar

uma raça de gato que teria a cor marrom. O sucesso foi conquistado após o cruzamento
de um gato siamês e um gato preto doméstico. O Havana Brown é um gato inteligente que

costuma usar as patas para examinar objetos e se comunicar com seus donos. A curiosidade os leva até a porta quando
os visitantes chegam, em vez de preferirem ficar escondidos como muitos gatos. Também não gostam muito de ficar sozinhos,
principalmente por longos períodos de tempo. Burmilla Fruto de um cruzamento acidental nos anos
80 entre um gato Chinchilla macho e uma fêmea lilás Birmanesa, o Burmilla é uma uma das

raças mais recentes que existe. Originário no Reino Unido, o gato possui
olhos claros, geralmente verdes e azuis. Mantém um espírito eternamente jovem e,
mesmo quando adulto, vai entrar em qualquer brincadeira, em vez de passar muitas horas
dormindo. Os Burmillas são muito inteligentes e podem

muitas vezes fugir de casa, pois descobrem como abrir portas. LaPerm Todos os gatos desse vídeo têm características
únicas e o LaPerm não é exceção. Eles são conhecidos por seu pelo muito encaracolado,

que vem em uma variedade de cores e padrões. Assim como outras raças raras, o LaPerm surgiu
como uma mutação genética espontânea em uma ninhada comum de gatos malhados. O primeiro gatinho dessa raça nasceu em 1982
numa fazenda em Oregon, nos Estados Unidos. O LaPerm é um gato ativo e extrovertido que

gosta de estar com o dono e participar de tudo o que ele está fazendo. Eles são animais gentis e dedicados, que
adoram o contato humano. Van Turco Essa raça não é apenas uma das mais raras,
é também uma das mais antigas, sendo nativa da atual região da Turquia. É certamente uma das poucas ou quase únicas
raças naturais do mundo, onde somente a natureza teria sido responsável por realizar esta
bela seleção. Seus grandes olhos podem ser azuis, âmbares

ou ainda um de cada cor, sempre delineados de cor de rosa, formando um par perfeitamente
harmonioso com a sua pelagem. São animais muito ativos, e muitas vezes
demonstram um comportamento agressivo com outros gatos. Não gostam muito de abraços nem contato
com crianças. Um fator bastante interessante sobre esta
raça é que o Van Turco não tem medo de água. Por ser originário da região do lago Van,

ele teve que perder este medo para que pudesse assegurar a sua sobrevivência. American Wirehair Essa raça única começou como uma mutação

aleatória em uma ninhada de seis gatinhos domésticos nascidos nos Estados Unidos. A mutação genética é tão rara que até
agora não ocorreu naturalmente em nenhum outro país. O gato é calmo, inteligente, curioso e é
conhecido por ser leal, desfrutar da companhia humana e se tornar fiel à família, incluindo

o cão. Você gosta de gatos? Qual dessas raças raras de gatos mais chamou
a sua atenção? Conte nos comentários. Até o próximo vídeo!

Poderá ver o vídeo no youtube Aqui

Você vai gostar também:

JUNTE-SE Á NOSSA LISTA DE SUBSCRITORES

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes para melhor apresentar os conteudos.